Df Projetos, arquitetura e design de interiores

ARTIGOS

artigos, que falam de grandes artigos Digo-lhes hoje, meus amigos, embora nos defrontemos com as dificuldades na arquitetura, de hoje e de amanhã, que eu ainda tenho um sonho. E um sonho profundamente enraizado num sonho transformador.

Urbanismo coerente sempre.

Urbanismo coerente para libertar as ideias.

Falar de urbanismo no brasil é triste em várias questões, pois temos governantes que geralmente não fazem planejamentos estratégicos para cidade, pesam somente em como vão conseguir se eternizar no governo das cidades, então devemos sim implantar um Urbanismo coerente.

Gostaria de falar aqui no texto sobre como devemos pensar a arquitetura e urbanismo como elemento modificador das escalas em que vivemos, deveríamos sim dar valor a as escalas minoritárias de um projeto de urbanismo.

Sendo coerente com o que eu estou dizendo por exemplo, quando vejo planos como o de Brasília fico pensando que esquecemos de pensar no ser que habita entre nós, por que cidade que priorizam os carros e uma economia canibal como a de hoje empobrece os elementos da sociedade mais carentes.

Urbanismo coerente é um urbanismo sem relativismo, é u, urbanismo que se diferencia dos outros colocando em questão o estado humano de passagem nesta cidade, pensar desde as crianças até os idosos, preparar a cidade para um desenvolvimento humano e não um desenvolvimento somente das maquinas.

Ainda vejo professores ensinando nas faculdades, maneiras de se fazer cidades que mais estão no imaginário do arquiteto urbanista do que realmente na solução que o mesmo daria para a mesma cidade.

Ao encontro de novas ideias temos sempre que ir, pois tendemos a se perder na mesmice de planos que não deram certos e que continuam a se espalhar pelo país a fora.

Se engana quem acha que um bairro deve comportar o máximo de pessoas, se engana o cara que acha que ter a sua casa é o maior objetivo da vida. Sem a cidade não somos seres relevantes, lembramos que começamos a nos organizar quando reunimos os grupos de humanos e assim geramos políticas de convivência e daí saiu o urbanismo coerente.

O meu maior temor é que num futuro próximo tenhamos problemas para se destacar como país inovador nas políticas públicas, porque o que vemos é uma cópia desmedidas de ideias ruim nas cidades brasileiras.

One comment on “Urbanismo coerente sempre.

Gostou do post? Comente!

%d blogueiros gostam disto: