Currículo entenda como fazer o seu na arquitetura

Currículo entenda como fazer o seu na arquitetura

Currículo entenda como fazer o seu na arquitetura O seu currículo é a porta de entrada para uma boa empresa, mostre para o selecionador sua capacidade de forma assertiva para alcançar êxito na recolocação.

A maior dificuldade de um profissional em conseguir uma recolocação ao mercado não é ter experiência ou não ter experiência, a dificuldade é fazer com que o currículo desperte interesse do selecionador.

O currículo é uma peça de marketing, é a porta de entrada para uma grande empresa, ele tem que vender a sua trajetória profissional, encher os olhos do selecionador para que ele te convide ao processo seletivo.

Em um mercado tão competitivo, onde existem muitos profissionais bons fora do mercado e ainda tem aqueles bons que estão empregados, mas então em busca de crescimento profissional e de um novo desafio, é necessário ter um currículo forte e vencedor.

Os selecionadores recebem diariamente uma quantidade enorme de currículos é humanamente impossível avaliar todos, muitas empresas estão utilizando software para facilitar a triagem. Segundo pesquisas o tempo médio de avaliação de um currículo é de 07 segundos.

Para que o seu currículo não se perca como uma agulha no palheiro e desperte o interesse no selecionador é necessário ter um diferencial: ser pratico, claro e objetivo.

Currículo entenda como fazer o seu na arquitetura

Formato:

Um currículo deve ter no máximo duas páginas, pois acima disso se torna extenso e cansativo, podendo infelizmente ser descartado.

Revise sempre o que escreveu, cuidado com erros de digitação e português, capriche na formatação, um bom espaçamento/margem, fonte em tamanho legível.

Inicie frases com verbos fortes como: elaborei, realizei, planejei, criei, gerenciei, liderei.

Experiencias profissionais: Relate de forma clara e objetiva as suas experiencias profissionais, detalhando as principais atividades desenvolvidas e as experiencias adquiridas.

Se trabalhou com metas apresentar resultados, porcentagens, metas atingidas e superadas.

Se ocupou cargos de confiança, informe quantos colaboradores ficavam abaixo de você, a liderança com a equipe e melhorias no departamento.

Valorize a sua capacidade e expertise na área.

Objetivo profissional: Seja especifico no objetivo profissional, as empresas valorizam o profissional que sabe aonde quer chegar.

Formação: A formação acadêmica também deve ser descrita de forma sucinta, informe dados como: modalidade do curso, título do curso, instituição, local do curso, período do curso – se esta concluído ou em andamento.

Qualificações: Informe seus conhecimentos reais em informática e idiomas, não se pode mentir em um currículo, pois se o selecionador decidir fazer uma entrevista em inglês por que no currículo consta que é fluente e na verdade não for, já será eliminado não ter falado a verdade.

Portfólio: Um modelo de currículo muito utilizado por arquitetos e engenheiros é o portfólio profissional, como não é utilizado para a impressão se pode detalhar projetos, inserir gráficos e imagens.

Carta de apresentação: As empresas buscam profissionais interessados, que pensem além, então mostre que conhece sobre o seu setor e que você sabe onde e como suas habilidades e competências profissionais ajudarão a empresa onde ela precisa.

Estude sobre a empresa, entenda a sua visão, missão e valores. Leia notícias sobre a empresa, acesse o site da empresa com frequência, veja o que os clientes falam sobre ela. 

Ou seja a carta de apresentação não é um resumo do seu currículo é um grande diferencial para sua entrevista.

Redes sociais: é necessário ficar atento as mensagens transmitidas em redes pessoais como Facebook, Twitter e Instagram, pois estão sendo utilizadas com frequência cada vez maior para a triagem do profissional. 

Com um currículo atrativo e boa carta de apresentação, metade do caminho para uma recolocação já foi percorrido.

Gostou do post? Comente!