Arquitetura e o meio social

Arquitetura e o meio social

Arquitetura e o meio social Hoje fiz alguns vídeos para o meu instagran (@dougfj) pergunto sobre como mudar os pensamentos derrotistas de pessoas que moram em locais insalubres? E foi grande a minha surpresa quando percebi que muitos não acreditam que isso pode ser feito pela arquitetura.

Logo penso que se mudamos ambientes, se fazemos urbanismo podemos sim mudar a vida das pessoas, e isso de fato depende nós em algum momento da nossa profissão.

Temos inúmeros exemplos de favelas e de pessoas que se mudaram do meio social para viver em local melhor, ou então ao contrario que saíram de um lugar com e foram morar em um lugar ruim, e de fato precisaram mudar de alguma forma suas vida para se adaptar ao novo estilo de vida.

Arquitetura e o meio social

Outros amigos do instagran me disseram que podíamos mudar isso através da educação destas famílias, e gerar uma mudança mais a longo prazo, determinando os conceitos de moradias em perfeito estado, melhorando assim a vida social destas famílias, e claro dando o mínimo digno que um bairro deve proporcionar a esta morador.

Mas o que mais foi dito nas mensagens, foi o fato de que o ambiente onde vivemos nos molda. E eu pergunto mais uma vez. Será molda mesmo?

Temos hisotorias boas e ruins sobre esta assunto e é difícil chegar a uma conclusão, pois podemos dizer que as pessoas vão sempre colocar a suas referencias como exemplos para uma vida de sucesso ou não, e isso é importante desde que seja sensato e relevante para a discução.

O que eu sei é o que o meio social pode sim influenciar na vida de um ser humano, mas não pode ser o fator determinante para as escolhas do mesmo, pois o que seria da vida se não visemos opções futuras a nossa frente.

Eu sempre digo, que não podemos nos dar o luxo de ser ignorantes, mas podemos também não fazer escolha nenhuma

Gostou do post? Comente!