Df Projetos, arquitetura e design de interiores

ARTIGOS

artigos, que falam de grandes artigos Digo-lhes hoje, meus amigos, embora nos defrontemos com as dificuldades na arquitetura, de hoje e de amanhã, que eu ainda tenho um sonho. E um sonho profundamente enraizado num sonho transformador.

O fato é que amo!

O fato é que amo! Estou passando por um momento que ainda não entendo realmente o que esta acontecendo.

Quando estou perto estou fico com calafrios, quando estou longe sinto saudades. Isso tudo me perturba, me faz perde o sono me instiga a pensar somente em como alcançar a paz, o que me preocupa muito, por que eu sou apenas um homem que não tem nada alem de um coração aflito e havido por liberdade.

O que mais nos prende a alguém do que um sentimento forte como esse, o que mais me prende se não a falta que faz você perto de mim.

Procuro sempre não pensar que estamos longe, mas a realidade bate em minha porta todos os dias, me dizendo ao contrario, quem me dera à imaginação fosse a minha única forma de ver a realidade como um todo.

Tenho medo de um dia acorda e ver que você não esta mais entre nós, tenho medo de ser eu o culpado por você não esta mais aqui perto de mim, e isso somente acontece com este sentimento cruel, e ao mesmo tempo belo.

Quando chego em casa e vejo que você partiu, um dia belo se torna negro como a escuridão, que na casa se dá, mesmo com todas as luzes acessas, perturbador é todos os dias olhar os emails que trocamos para resolver problemas de um casamento daria certo. Nunca me perdoarei pelos meus erros, nunca olharei a vida de outra forma, não sei por que eu tenho esses pensamentos, não quero entender este momento, quero apenas ser feliz de novo, mas vejo que sem você será quase impossível.

O que um homem como eu na minha idade Pode fazer para se livrar dessas dores passadas? Por que eu ainda não vejo estes acontecimentos como uma nova realidade? Eu gostaria de estar longe, correr para o mar como se eu nunca existisse, gostaria de enfrentar toda a fúria dos vulcões simplesmente para ter com se preocupar, e não lembra que um dia eu amei você.

Tudo me sufoca, até mesmo os poucos momentos de alegria que tenho no dia, a verdade é que eu nunca percebi que sem você a beleza de um amanhecer não faz sentido algum para mim.

Palavras esta escritas com dor, palavras esta escritas com amor, como isso pode acontecer?

Desculpe-me os amantes mais inveterados, mas eu nunca mais amarei outro alguém, eu nunca mais serei feliz, apenas serei mais um homem, que do alto se sua masculinidade foi ferido, por uma bala que não se pode ver, por um sentimento que não se cura apenas se esquece.

E tudo isso, somente por que amo!

Gostou do post? Comente!

%d blogueiros gostam disto: