Fundações diretas ou rasas

Fundações diretas ou rasas As fundações diretas ou rasas se dão quando o elemento estrutural é pousado somente na superfície do terreno, assim tendo a função de passar toda a carga do terreno para este solo.

Para uma instalação correta deste tipo de fundação, temos que saber em que tipo de solo estamos trabalhando, e para saber isso temos que ter em mão o estudo de solo ou a sondagem do solo, mais conhecida como sondagem SPT.

fundações diretas ou rasas (1)
fundações diretas ou rasas (1)

Este estudo vai dizer que tipo de solo temos e que tipo de fundação é mais adequada a aquele tipo de solo. Com isso temos vários tipos de solos e resultados que podem ser dados por este tipo de estudo do solo, sendo aceitáveis alguns valores.

Para isso temos que ter a tensão admissível como uma base para poder aplicar nossas fundações, e as básicas são essas.

Boa = 4,0 Kg/ cm²

Regular = 2,0 Kg/ cm²

Fraca = 0,5 Kg/ cm²

A distribuição do peso no solo se da pelo tipo de solo e pelo tipo de fundação escolhido, neste caso temos que analisar o solo para saber quais fundações devemos aplicar no solo.

Tipos de fundações indiretas

Agora vamos falar sobre alguns tipos de fundações indiretas que podemos aplicar no nosso terreno, tendo em vista que o mesmo tem a admissão de peso com base no estudo e sondagem do terreno em  (4,0 Kg/ cm²), pois este é um valor bom para este tipo de fundação.

Sapata isolada

Pode ser feita de concreto simples ou armado. Este tipo de sapata pode ser feito de concreto simples, e são geralmente mais altas que o normal, pois tem a função de lançar o peso da estrutura diretamente na superfície do solo. A mesma pode ser feita como bloco ou até mesmo sem armação dependendo da carga a ser aplicada no elemento estrutural.

fundações diretas ou rasas (1)
fundações diretas ou rasas (1)

Sapatas associadas

Neste tipo de sapata pode se apoiar dois ou mais pilares pra dar mais passagem para carga aplicada, geralmente usada em pontes, que tem dois pilares para sustentação, e em casa que demandam uma sapata mais robusta.

fundações diretas ou rasas (1)
fundações diretas ou rasas (1)

Sapata corrida

A sapata corrida é um elemento único que segue a linha das paredes da edificação, tendo em seu caminho vários pilares a serem colocados. Neste caso a carga está sendo transmitida de forma linear, ou seja, em metros lineares.

fundações diretas ou rasas (1)
fundações diretas ou rasas (1)

Radiers

O radier funciona como uma laje que fica sobre o solo, transmitindo todo o peso da edificação de forma ampla para o solo. Neste tipo de fundação todas as paredes, pilares e vigas vão sobre esta laje para assim transmitir para o solo de forma ampla a carga da edificação.

fundações diretas ou rasas (1)
fundações diretas ou rasas (1)

Tubulões

Os tubulões são estruturas  que podem ser feitas manualmente, são feitos em forma cilíndricas, por este motivo o nome de tubulões. Além disso são feitos em loco (ao ar livre, ou a ar comprimido) e escavado de forma manual em todo seu processo de feitura. É uma das alternativas mais econômicas para uma edificação que se exige uma carga muito pesada.

O tubulão de céu aberto é a forma mais simples de se fazer este tipo de estrutura, podendo ser feito de maneira manual ou mecânica a céu a aberto. É muito usado em solos coesivos, e que sejam acima de níveis de águas e outros elementos que possam atrapalhar a construção do mesmo.

No sistema que chamamos de Chicago, o tubulão é escavado com ferramentas manuais e sua parede cilíndrica é escorado com pranchas verticais ajustados por meio de anéis em aço. Já no sistema GOW é feito por cilindros de aço que é colocado por perfusão.

Os tubulões a ar comprimidos, é montado um sistema de pressurização do ar para entrada e saída de um colaborador para fazer a escavação, o sistema pneumático usa a força do ar para pressurizar o ar no tubulão. O objetivo de pressurizar o tubulão é para que a agua fique fora do mesmo, assim facilitando o escapamento do elemento estrutural.

fundações diretas ou rasas (1)
fundações diretas ou rasas (1)

CLIQUE PARA FAZER O DOWNLOAD DO SLIDE